Próximo Anterior

NEW ZELAND, TATUAGEM NA ALMA

Bruna Busse Bruna Busse 4 novembro, 2016
New Zeland

Expectativa criada, princípio da frustração? Não! Isso não serve para a New Zealand. Mesmo a falta de arquitetura inovadora ou diferente não frustrou. O erro foi meu de não saber que o importante aqui é o natural, o simples. Entender que o espaço físico almejado pelos neozelandeses é o outdoor. Que a melhor cobertura é um céu estrelado e que o contemporâneo é preservar o que a ilha tem de natural.

Com esse post, convido você a entrar no meu mundo e conhecer como foi o primeiro destino da minha volta ao mundo.


TAGS: kiwi, maori, trekking, natureza, consciência ambiental, outdoor, neve, praia, montanha, fiordes, van, hostel, friendly, estrada, hichihaiking, cachoeira, amigos, backpacker, água pura, vineyard, asiáticos, vento, Lake House, vulcão, água termal e lifestyle.

MUSIC: “Times like this” | Foo Fighters


Mapa da minha viagem

Mapa da minha viagem

Ilha norte

Auckland e Waiheke Island e suas vinícolas. Região de Coromandel e Whitianga, praias paradisíacas, mar azul royal, azul piscina, azul esmeralda, azul!

Galeria de Arte Moderna de Auckland

Galeria de Arte Moderna de Auckland

Catedral Cove e Hot Water Beach, meus pontos preferidos. Pôr do sol no Mount MaunganuiRotorua imperdível, fontes termais, sentir o cheiro de enxofre e se encantar com as cores das lagoas e crateras.

Wellington e a travessia de ferry para Picton, primeira parada da Ilha Sul. A travessia vale muito, muito mesmo e foi onde decidi que desceria pela costa oeste até Queenstown. Nunca saberei qual seria a melhor opção mas a minha escolha foi perfeita. Estrada mais linda e cheia de surpresas positivas que já passei. Simplesmente surreal. A estrada beira o mar e está no pé de montanhas enormes que carregam ainda neve no topo, deixando o visual ainda mais incrível.

Red Forest

Red Forest

Ilha Sul

Nelson, Franz Josef, Fox Glacier, Wanaka, Queenstown e Milford Sounds foram minhas principais paradas, mas no caminho inteiro existem lookouts incríveis e que precisam ser vistos. Trekkings de todos os tipos e dificuldades pela estrada.

Parar e ver o Mount Cook espelhado na água dos lagos e o arco-íris formado pela água das ondas que batem nas pedras no Pancake Rocks. Isso merece um tempo dedicado.

Lake Moke

Lake Moke

Ilha Sul para mim é começar o dia com um café prolongado, escutar os músicos de rua em Queenstown, passear de barco pelos Fiordes em Milford Sounds, com suas cachoeiras e focas.

Andar para se aproximar ao máximo possível de uma geleira glacial em Fox e Franz Josef. Contemplar os lagos mais lindos que já vi fletindo montanhas de neve. Caminhar nos parques, andar de caiaque, vinho com os amigos final de tarde, viajar de van, de carona, ônibus, avião e barco.

Conhecer o mundo é apresentar o Brasil em conversas de hostel. Fotografar e através da internet gerar uma memória virtual que já deixa saudade. Apaixonar-se pelo povo e pela vida. Vinte dias, apenas 20 dias. Senti medo só na hora de ir embora. Que bom que tive coragem!

Queenstown

Queenstown

Ja há 1 mês na Austrália e ainda não tenho palavras para descrever exatamente o que é a New Zealand, não sei descrever o que eu amo apenas sinto! Muito intenso. Tatuagem na alma. Obrigada NZ foi simplesmente perfeito!

Bruna Busse

Bruna Busse

Bruna é Arquiteta e Urbanista e lighting designer. Apaixonada pela sua família e pelo seu trabalho, procura no esporte a vitalidade e encontra na música, na arte e no mar inspiração. As artes plásticas estão inseridas em sua vida deste a infância, quando começou a pintar. Morou em Barcelona, onde fez um curso de pintura, e foi um período em que conheceu vários países da Europa. Fascinada pelas curiosidades do mundo e com vontade de viver uma viagem a longo prazo, encontrou no bilhete Round-the-world-trip a possibilidade de viajar sozinha seguindo um roteiro planejado para visitar 4 continentes em 7 meses. Bruna embarca em Setembro para ser simples, viver leve, curtir a liberdade, estimular a criatividade, buscar conhecimento e experiências.

Mais publicações de Bruna Busse

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *