Próximo Anterior

Ilha do Mel Jazz Festival – Agosto 2016

Thais Zago Thais Zago 25 julho, 2016
Foto de Gilson Camargo

Despretensioso, porém, cheio de charme! Assim nascia o Ilha do Mel Jazz Festival em agosto de 2014, com algumas apresentações realizadas aos finais de semana no Astral da Ilha Pousada e Gastronomia. A ideia de levar música de qualidade à população local e fomentar o turismo na baixa temporada deu tão certo que o evento cresce a cada ano, criando contextos culturais que envolvem a população e os turistas.

Dentro de alguns dias o Festival chega à sua terceira edição, trazendo como novidades oficinas culturais, aulas de yoga, mutirões de limpeza na praia e mais quatro palcos ao ar livre. A curadoria é feita por Glauco Solter, Allan Giller Branco e Ian Giller Branco, que selecionaram instrumentistas e intérpretes de alto nível para espalhar o jazz pela Ilha. As apresentações são gratuitas e um couvert artístico no valor de R$5,00 e R$10,00 é sugerido conforme o show.

O evento acontece em Nova Brasília, em estruturas montadas nas praias, na praça, no trapiche, em pousadas e restaurantes. Para atender ao grande fluxo de turistas, haverá três horários extras para travessia em barca nas sextas-feiras, saindo de Pontal do Sul: às 19:00, 20:00 e 21:00.

Foto de Gilson Camargo

Foto de Gilson Camargo

PROGRAMAÇÃO

Todas as atrações estão programadas para os finais de semana, iniciando no happy hour de sexta-feira e encerrando com show após o almoço de domingo.

Confira a programação completa do Festival.

QUEM ORGANIZA O FESTIVAL

O Festival é produzido de forma independente em uma parceria entre produtores, profissionais parceiros, população da ilha, empresas apoiadoras e administradores de pousadas e restaurantes. Segundo o Diretor Geral do evento, Luis Stinglin, “Em um momento político e econômico delicado para o país, acreditamos que é fundamental continuar promovendo encontros através da arte, ainda que haja mais dificuldades em conseguir patrocínio. Por isso o festival continua sendo realizado à base de trocas.”

Mais do que um festival de jazz, o evento se tornou um lugar de encontros e reunião de múltiplas linguagens artísticas, num dos cenários mais bonitos do Paraná. “Agosto sempre foi o mês de menor movimento na Ilha do Mel, por ser o final do inverno e não ter feriados. Com o festival, esse panorama está mudando, e estamos conseguindo promover uma qualidade de turismo diferente da habitual.” – declarou a Diretora de Produção Cândida Monte para o nosso blog.

Um dos diferenciais pra esse ano é a venda do Festival online, em parceria com o AdoroViajar. Com isso, os organizadores pretendem alcançar visitantes de vários estados brasileiros e agitar o mercado turístico na região, trazendo mais corpo ao festival e promovendo o turismo sustentável no destino Ilha do Mel.

Foto de Gilson Camargo

Foto de Gilson Camargo

 Vendas online

Final de semana no 3º Ilha do Mel Jazz Festival a partir de R$350,00 por pessoa, incluindo: 2 noites de hospedagem com café da manhã na pousada escolhida, jantar de boas-vindas (bebidas à parte) e travessia em barca Pontal do Sul / Ilha do Mel / Pontal do Sul. Serviços opcionais podem ser contratados, como traslado Curitiba / Pontal do Sul / Curitiba e locação de bicicletas na Ilha do Mel.

Compre online no AdoroViajar.

Mais sobre o destino Ilha do Mel

Conheça a história da Ilha e algumas curiosidades.

Veja 10 dicas do que fazer na Ilha do Mel.

Foto de Gilson Camargo

Foto de Gilson Camargo

Thais Zago

Thais Zago

Thaís já passou dos 30 anos. Prefere praia à cidade e sossego à badalação. Tem formação em Jornalismo e profissionalizante em Yoga, pós-graduação em Gestão de Negócios e trabalha com Turismo e Mídias Sociais desde 2012. Na bagagem, participou do programa de férias na Walt Disney World Orlando, morou na Califórnia por 1 ano e passou 6 meses mochilando sozinha pela Oceania, China e Sudeste Asiático. É uma das integrantes do projeto Correndo no Mundo, em que percorreu de bicicleta os 800 km do Caminho de Santiago de Compostela, em 15 dias, documentando a aventura e prestando suporte ao amigo que corria. Depois de carregar "a casa nas costas" com essas experiências, aprendeu que menos é mais e que viajar sozinha é bom, mas compartilhar os momentos com outras pessoas é ainda melhor. Adora viajar pelo Brasil, é esportista e aventureira, e pára tudo para assistir um pôr do sol. Sempre que pode, se envolve também com música, fotografia e cinema.

Mais publicações de Thais Zago

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *