Próximo Anterior

Paris – Para Ir

Fabricio Greca Brun Fabricio Greca Brun 30 agosto, 2016
Place des Vosges

Você não precisa estar com seu copain ou copine para desfrutar a cidade do amor. Paris pode estar transbordando de turistas, mas vamos deixar eles focados naquela antiga antena de transmissão de rádio e conhecer lugares que vão valer os seus reais salvos.

Caso você não saiba, franceses gostam muito de moda e isso pode ser visto andando pelas ruas, que mais parecem passarelas de um desfile da Prada. A avenida mais famosa, Champs- Élysées é o destino mais procurado por comportar diversas lojas de marcas famosas, mas convenhamos, lá não é uma Miami para levar uma mala vazia e trazer cuecas pro seu pai. Claro que você vai acabar comprando algo, mas por que não tentar algo diferente e sair do básico? Mesmo se você não quiser comprar nada vale a pena conhecer uma das lojas mais cool de Paris: Colette. Localizada no centro da cidade com três andares de estrutura, você pode encontrar roupas, livros, artigos de decoração para casa, cosméticos, assessórios, jóias e até um bar de água, exatamente, um bar de água que serve mais de 100 marcas diferentes.

213 Rue Saint Honoré, 75001 / abre 11h – 19h (exceto aos domingos)

SACRÉ BLEU!!

E como não falar de uma das cozinhas mais famosas do mundo? Paris é um dos epicentros gastronômicos do planeta e apesar do povo ser bem conservador, existe todo tipo de comida lá. E não se assuste se você não é culto não e fala francês, com um número grande de turistas, muitos locais tem atendentes bilíngues sim, mas não espere um professor do Fisk, seja paciente.

Blend’s (o hipster) – não interessa onde e quando for, toda hora é boa para comer um hambúrguer. E não precisa ser nenhum norte americano pra se fazer bem essa maravilha moderna. Com todos os ingredientes caseiros, o Blend’s é um hotspot dos parisienses e possui todo aquele estilo europeu de restaurantes à beira da rua que você vê nos filmes, não deixe de conferir!

blend hamburger paris

3 Rue Yves Toudic, 75010 / abre todos os dias 12h – 23h

Le Bouillon Chartier (o clássico) – conheci esse restaurante numa carona que peguei com um parisiense. Perguntei onde poderia comer num verdadeiro restaurante francês e sem hesitar, ele logo me disse esse. Com mais de 100 anos de história, bom atendimento, preço e, mais importante, comida boa, o local é um queridinho dos locais. Existem famílias que tem seus próprios guardanapos e talheres com nomes escritos para se ter noção de quão clássico é esse restaurante.

 le bouillon chartier

7 Rue du Faubourg Montmartre, 75009 / abre todos os dias 11h30 – 00h

L’as Du Fallafel (de lamber os dedos) – Kebab, fallafel, adana, shawarma, larica, chame do que quiser, Paris tem milhares de restaurantes árabes só esperando você na madruga depois de uma longa noite de drinks. Entretanto, se você estiver andando no charmoso bairro Marais e ver uma fila de gente comendo de pé, voilá! Comandado por uma família de judeus, o “ás do fallafel” é de dar inveja em qualquer restaurante chique. Você pode pedir e comer na rua como muita gente, mas tem a opção de se sentar dentro do estabelecimento e saborear com mais calma.

 l'as du fallafel

34 Rue des Rosiers, 75004 / abre todos os dias 11h – 00h (exceto aos sabádos)

Mariage Frères (pausa pro thé) – Bem pertinho do fallafel, fica essa incrível loja/restaurante de chás fundado em 1854. Entrando no lugar parece que você está na loja de varinhas do Harry Potter, é uma parede com os mais variados tipos de chá. Logo no restaurante, você volta pros anos 30 quando a Inglaterra colonizava a Índia, os garçons usam roupas chiques e você se sente um lord. A carta de chás é gigante, tem opções pra deixar qualquer avó ocupada durante uma semana. O menu conta com pratos do mais alto nível, e todos levam chá como principal tempero!

mariage freres

35 Rue du Bourg Tibourg, 75004 / aberto todos os dias 10h30 – 19h30

POURQUOI PAS?

Place Georges-Pompidou, 75004 / abre todos os dias 11h – 22h (exceto terças)

Se você tem o ensino fundamental básico, sabe que a França respira, expira, espirra e cospe história, então caso goste de museus, já vá separando algumas tardes para se perder neles. Eu sei que o Louvre é lindo e vale sim a experiência, mas se você quer algo diferente do que ir lá só para ver (e como todo mundo), se frustrar com a Monalisa, Venus de Milo e “qual aquele outro quadro que tem lá mesmo?”, vá ao Le Centre Pompidou que conta com obras super importantes e nomes de grandes artistas com Picasso. A arquitetura formada por canos coloridos e uma escada rolante do lado de fora dá um contraste do moderno e clássico de Paris. E se mesmo assim você não gostou, e só queira voltar ao hotel mandar um e-mail pro trabalho, vá até o último andar onde há um restaurante com uma das vistas mais sensacionais da cidade. Pare de pensar por 5 minutos e aprecie.

Uma pedida bem diferente e que eu garanto que nenhuma blogueira que você segue no Instagram já foi é o cinema Le Géode. Eu sei, quem vai até a Europa para ir ao cinema? Bem, não é qualquer cinema e ao contrário do que você está pensando ele não é legal por ser o primeiro local onde os irmãos Lumière passaram um filme e blá blá blá, mas por sua modernidade. Com um formato esférico e inteiro espelhado, o lugar projeta filmes em IMAX em uma tela hemisférica gigante! É uma experiência única.

 La Géode

26 Avenue Corentin Cariou, 75019 / todos os dias 10h30 – 18h30 (20h30 nos fins de semana)

Ça va? Esses são alguns dos muitos lugares para visitar na capital francesa, acorde cedo, durma tarde, ande e se perca porque este é o melhor jeito de se conhecer uma cidade, ainda mais Paris que possui um charme diferente a cada esquina esperando para ser descoberto.

 

Fabricio Greca Brun

Fabricio Greca Brun

Com apenas 23 anos, Fabrício já rodou mais de 30 países em 1 ano que passou na Europa. Amante de viagens e cinéfilo de carteirinha já cursou desde Engenharia Civil até cinema. Após morar esse tempo fora escreveu dois diários de viagens que incluem histórias, desenhos e mensagens de pessoas que o cruzaram em sua jornada. Quando pode, gosta de dar dicas a seus amigos, e quem mais quiser, sobre viagens, música e filmes.

Mais publicações de Fabricio Greca Brun

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *